terça-feira, 17 de julho de 2018

«CPLP/CIMEIRA» "MOBILIDADE NA CPLP É "PERFEITAMENTE COMPATÍVEL" COM PERTENÇA À UE" DIZ ANTÓNIO COSTA


O primeiro-ministro português, António Costa, disse hoje que a proposta de Portugal sobre mobilidade na comunidade lusófona é "perfeitamente compatível" com a pertença do país à União Europeia, sublinhando que é preciso avançar antes que as regras mudem.

"A mobilidade foi uma proposta que Portugal apresentou e que é perfeitamente compatível com o nosso quadro regulamentar na União Europeia e, é por isso, que é importante não adiar excessivamente a decisão sobre esta matéria para podermos tomar as decisões enquanto o quadro legal é este", disse António Costa.

"Se um dia o quadro legal na Europa evoluir as coisas depois podem tornar-se diferentes. É preciso aproveitar esta janela de oportunidade e espero que aproveitemos", reforçou.

O primeiro-ministro português falava aos jornalistas pouco antes do início oficial da cimeira de chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), que decorre hoje se quarta-feira na ilha do Sal, Cabo Verde.

António Costa respondia desta forma a preocupações levantadas, na segunda-feira, pela Confederação de Empresários da CPLP, que propôs avançar já com a mobilidade entre os países africanos de língua portuguesa se as regras de Schengen representarem um impedimento para Portugal.

Os chefes de Estado de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe estão reunidos, na ilha do Sal, para cimeira da CPLP, que irá marcar o início da presidência cabo-verdiana da organização.

Timor-Leste está representado na cimeira pelo ministro dos Negócios Estrangeiros.

Conosaba/Lusa

Sem comentários:

Publicar um comentário