quinta-feira, 23 de agosto de 2018

PRESIDENTE DE ASSEMBLEIA NACIONAL POPULAR APELA RECONCILIAÇÃO ENTRE OS GUINEENSES



Os políticos guineenses presentes na reza desta quarta-feira (22 de Agosto) apelaram a reconciliação e dizem-se dispostos a trabalharem juntos pelo bem do país.

Na reza desta quarta-feira na câmara municipal de Bissau estava Cipriano Cassama, Braima Camará, Umaro Sissoko Embalo, Baciro Dja e mais outras personalidades.

Depois da reza o presidente da Assembleia Nacional Popular Cipriano Cassama voltou a pedir a reconciliação entre os guineenses.

“ Mais uma vez, pedimos a reconciliação e a unidade nacional pensando num desenvolvimento equitável porque a Guiné-Bissau precisa”.

Braima Camara do recém-criado partido Movimento para a Alternância Democrática disse que ter partidos diferentes não significa criar inimigos ou adversários porque “ a democracia é liberdade de expressão e cada cidadão pode criar seu partido desde que se respeite a Constituição da República. Mas o mais importante é todos os guineenses se unir para que as eleições de 18 de Novembro sejam livre, justas e transparentes”.

Para Umaro Sissoko Embalo, para se sair da crise vigente no país “ é preciso que os guineenses aceitem uns aos outros como são”.

Entretanto, Baciro Dja presidente do também recém-criado partido Frente Patriótico nacional diz-se disposto a reconciliar com as partes envolvidas na crise já dura 3 anos.

Por: Yasmine Fernades/radiosolmansi com Conosaba do Porto




Sem comentários:

Publicar um comentário