quarta-feira, 25 de maio de 2022

A Guiné-Bissau conta receber para breve os voos de Air Côte D’ivoire e BesFly de Cabo-verde. Isso para além dos habituais voos do TAP, Askay, Air Senegal, Royal Air Marrocos e Euro-Atlântico. O anúncio foi feito pelo Diretor-geral dos Serviço Nacional da Aviação no âmbito das celebrações do primeiro aniversário da Empresa de Assistência Aeroportuária. Aliu Soares Cassamá destaca os investimentos e perspectivas para o desenvolvimento do Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira.

 



Rui Jorge Semedo: APROXIMAÇÃO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA AO PAIGC PODE POSSIBILITAR ENTENDIMENTO

O politólogo Rui Jorge Semedo declara que aproximação do PAIGC e o presidente da República pode ser a abertura para possibilidade de entendimento a nível do país.

Esta quarta-feira o partido africano para a independência da Guine e Cabo verde anunciou que irá integrar o novo elenco governamental de iniciativa presidencial.

Analisando a situação actual do país, sobretudo no contexto da presença militar da CEDEAO, dissolução do parlamento e consequente participação do PAIGC no novo governo, Rui Jorge Semedo afirma que PAIGC acabou por compreender que está isolado na sua luta uma vez que toda a comunidade internacional reconheceu e estabeleceu relações com o presidente da República, nesta senda, sublinhou que a nova reconfiguração, tem os seus aspectos positivos sobretudo no sentido de envidar esforços para entendimento que poderá influenciar uma relativa estabilização para realização das eleições.

Rui Jorge fala ainda das vantagens que o PAIGC pode obter com a sua participação no novo elenco governamental para desbloquear alguns factores externos para renovação dos órgãos do partido com a realização do seu 10º congresso.

“ (…) PAIGC tem tudo a ganhar com esta reaproximação porque com a sua participação no governo, pode desbloquear alguns factores externos de bloqueio sobretudo no sentido da renovação do seu órgão através do 10º congresso que não conseguiu realizar e que para mim, não tem só a ver com factores jurídicos. Então, o partido entendeu que deve se reposicionar alinhando com actual contexto, para aproveitar próximas eleições e estar presente na 11ª legislatura”, diz acrescentando que “ o que está a acontecer agora é muito bom, na política não se pode permanecer eternamente como adversários. Agora resta esperar para ver o que vai acontecer porque também há partidos que faziam parte do governo da 10ª legislatura que supostamente devem fazer parte do governo de iniciativa presidencial”.

Rui Jorge Semedo politólogo e comentador dos assuntos políticos da Rádio Sol Mansi aponta a integração do Partido Africano para Independência da Guiné e Cabo verde no novo elenco governamental como a abertura de possibilidade para um entendimento a nível do país.

Por: Amadi Djuf Djaló/radiosolmansi com Conosaba do Porto

«PAIGC» CONVOCATÓRIA


CONVOCATÓRIA
São convocados os Membros do Bureau Político do PAIGC para uma Reunião Extraordinária a ter lugar amanhã, Quinta-feira, 26 de Maio de 2022, pelas 10 Horas, no Salão Nobre Amílcar Cabral na Sede Nacional em Bissau.

Ordem do Dia
1. Informações Gerais;
2. Situação Política Vigente na Guiné-Bissau;
3. Diversos-Critica e Auto-Critica.

Dada a importância da Reunião a presença de todos os convocados é indispensável

Bissau, 25 de Maio de 2022

Aly Hijazi
Secretário Nacional

FORMAÇÃO DE CAPACITAÇÃO AO PESSOAL TÉCNICO DO MINISTÉRIO DA DEFESA E DOS COMBATENTES DA LIBERDADE DA PÁTRIA

Iniciou-se hoje, 25-05-2022, uma formação de capacitação ao pessoal técnico deste Ministério, com o objectivo de apetrechar aos funcionários sobre as LEIS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GUINEENSE.

A mesma, terá a duração de duas semanas, e, as sessões decorrem nas quartas e quintas-feiras, no salão de formação do Ministério em epígrafe.

A qual, enquadra-se a boa parceria existente entre as duas instituições estatais "Ministério da Defesa e ao Ministério da Função Pública", que enviou técnicos à altura para ministrarem sessões temáticas em agenda.

Ainda salienta-se que o Ministro em gestão, Tenente General Sandji Fati, sempre aposta a formação como base para que funcionários pudessem responder os objectivos traçados pelo Ministério.



AUDIÊNCIA DE CORTESIA COM DELEGAÇÃO DE NORTE AMERICANO

 

Ministério da Defesa Nacional e Combatentes da Liberdade da Pátria


Ministro demissionário da Defesa Nacional e dos Combatentes da Liberdade da Pátria, Tenente General Sandji Fati, concebeu uma audiência de cortesia hoje, 25-05-2022, uma delegação de Norte Americanos acompanhada pela HALO TRUST. Uma empresa de desminagem que a construir paióis na Guiné-Bissau concretamente em Gim.

O objectivo de audiência era avaliar desenvolvimento de trabalho de construção, e, perspectivar a ampliação da mesma construção noutras zonas do país.

Tenente General, na qualidade do Ministro em gestão, agradeceu o apoio prestado pelo Governo Norte Americano à Guiné-Bissau a melhoria de condições dos paióis e outras infra-estruturas nos quartéis.



“É NECESSÁRIA UMA ESTABILIDADE MACROECONÓMICA INTERNA”, diz o economista


O economista guineense, José Nico Djú, observa com satisfação a nota do Fundo monetário Internacional (FMI) que anuncia a retoma da assistência financeira a nível do crédito alargado à Guiné-Bissau.

O ministério das finanças tornou público, esta terça-feira, que o FMI, através da sua directoria-geral, anunciou através de uma carta a retoma para breve da assistência financeira à Guiné-Bissau no âmbito da Facilidade de Crédito Alargado, suspenso há quatro anos.

Instado a comentar sobre o assunto, apesar de reconhecer “grande” interesse da ajuda por parte do FMI, Nico Djú chama atenção que é uma ajuda condicionada a nível do mercado monetário com elevadas taxas de juros.

Não obstante, afirma que em caso de Estados como Guine Bissau, mesmo com a elevada taxa de juros, não vai superar a ordem dos 6% que pode ser limite quando se envolve a situação internacional.

“Como tinha a primeira, segunda e terceira avaliação que venha a ser interrompida, neste caso quando se fala da retoma da assistência financeira demonstra que há grande interesse de ajuda por parte do FMI, mas que para já é uma ajuda condicionada a nível do mercado monetário com elevadas taxas de juros” que não poderá ultrapassa aos 6% de juros como limite máximo em coso de países como a Guiné-Bissau”, explica o economista.

Para o economista Nico Djú há “muita” espectativa a volta do assunto que irá culminar com as soluções na mão da organização, daí afirma que é necessário por parte do Estado guineense uma estabilidade macroeconómica interna, associada a execução das reformas estruturais sobretudo no saneamento a nível das finanças públicas e da administração pública.

“A inclusão da Guiné-Bissau a nível de projectos da assistência financeira e de crédito alargado demonstra que há muita espectativa a volta do assunto que irá culminar com as soluções que a organização já tem em mãos”, sustenta.

O economista revela ainda que o dia 7 de Junho era “muito importante” para o país na sequência das avaliações que serão feitas pelo conselho de administração a organização para atribuição de um pacote monetário para alavancar e melhorar performance da economia interna do país.

De destacar que, as reformas essenciais indicadas pelo Governo guineense no quadro do seu programa visa diversificar a economia para reduzir os riscos orçamentais e estimular o desenvolvimento económico sustentável.

Por: Amade Djuf Djaló/radiosolmansi com Conosaba do Porto

«25 DE MAIO» FOI ESTABELECIDO PELA (OUA) ORGANIZAÇÃO DA UNIÃO AFRICANA, COMO O 'DIA DA ÁFRICA'

 

Foto de Cape Verde Global Business, tirada, em 2015.

Dia da África é a comemoração anual realizada em 25 de maio de 1963 pela fundação da Organização de Unidade Africana (OUA).

Neste dia, os líderes de 30 dos 32 Estados africanos independentes assinaram uma carta de fundação, em Addis Abeba, na Etiópia.

Em 1991, a OUA estabeleceu a Comunidade Económica Africana, e em 2002, a OUA estabeleceu o seu próprio sucessor, a União Africana .

No entanto, o nome e a data do Dia de África foi mantido como uma celebração da unidade Africana tema do Dia de África 2012 é “África e da Diáspora”.

A celebração de Nova York foi realizada em Nova York em 31 de maio de 2011. Em Nairobi, foi comemorado no Parque Uhuru Recreational Park.

Também deve ser notado que o Dia da África é celebrada como um feriado público em apenas cinco países africanos, Gana, Mali, Namíbia, Zâmbia e Zimbabwe.

No entanto, as celebrações são realizadas em alguns países africanos, bem como pelos africanos na diáspora.

Pate Cabral Djob