quinta-feira, 14 de junho de 2018

CHEFE DE SERVIÇO DE SAÚDE MILITAR CONSIDERA DE PATRIOTA OS DOADORES DE SANGUE


Celebra-se em todo o mundo, esta quinta-feira, dia 14 de Junho, o dia mundial do doador de sangue e o tema deste ano centra-se na dádiva de sangue como um ato de solidariedade, “Esteja disponível para ajudar o próximo, dê sangue, partilha a vida”

No país a Associação Nacional dos Doadores voluntários de sangue, realizou um evento alusivo ao dia, no Hospital militar principal, com uma cerimónia que contou com a presença dos membros da associação que são também doares e alguns responsáveis deste centro hospitalar.

Para o chefe de serviço de saúde militar, Tcham Na Man, os doadores de sangue são patriotas.

“Colocar a sua vida em causa para salvar a vida do outro é a revolução, patriotismo e nacionalista porque dar sangue tem os seu riscos e mesmo sabendo disso mas se arriscam, por isso merecem atenção das instituições de Estado”, enfatiza o responsável mostrando as anteriores dificuldades da instituição hospitalar que representa em termo dos estoques de sangue.

Januário José Biaguê, presidente da associação ANADAVS, disse que apesar das dificuldades enfrentadas pelo ANDAVS ao combate à anemia generalizada na saúde infantil, as gravidas ou nos partos bem como nas mais carenciadas.

“Conseguimos obter os seguintes dados estatísticos nos últimos quatro anos, em 2014 11 mil CC, 2015 41 mil CC, 2016 72.400 mil CC e 2017 36.300 CC”, explica Januário afirma, no entanto, que a queda verificada “sequencialmente” da quantidade, é divido a “falta de observância” do ministério de saúde públicas às associações benévolas.

O presidente referiu que o maior entrave para a criação de um estoque de sangue seguro é credível nas maiores unidades hospitalares do país.

“O acima referenciado constitui, o maior entreve para a criação de um estoque de sangue seguro e credível nas unidades hospitalares do país, tendo em conta que o sangue não deve ser doado e transfundido automaticamente sem observância do período de janela e que o produto de deve ser submetido para confirmação da sua isenção total de qualquer infecção”, garante.

O tema da celebração do dia mundial do doador de sangue, chama atenção para os gestos de bondade dos doadores de sangue regulares e voluntários para com os doentes necessitados, e incentiva as pessoas a preocuparem-se uma com as outras atreves da dádiva de sangue.

O dia também é uma oportunidade para agradecer aos doadores de sangue voluntários e não remunerados as suas dádivas de sangue que salvam vidas e para motivar as pessoas com boa Saúde que nunca deram sangue a começarem a faze-lo, especialmente os jovens.

A associação nacional dos doadores de sangue foi fundado desde 14 de Junho de 2014 e actualmente está instalada no hospital militar principal e conta com cerca de 575 doadores de todo o país.

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Anézia Tavares Gomes/radiosolmansi com Conosaba 

Imagem: Anézia Tavares Gomes

Sem comentários:

Publicar um comentário